• Atividade física beneficia pacientes com câncer de pulmão

    Praticar exercícios, mantendo uma atividade física de forma regular, deve ser parte integrante no tratamento do câncer de pulmão. O exercício regular demonstrou reduzir os sintomas, aumentar a tolerância ao esforço físico, melhorar a qualidade de vida, reduzir o tempo de internação e as complicações pós-operatórias.

    Na literatura médica, diversos estudos mostram evidências que a atividade física regular poderia contribuir para reduzir o risco de desenvolvimento de vários tipos de câncer, incluindo o de pulmão. Estudos populacionais mostraram associação do exercício com a redução da mortalidade por todas as causas de doença, inclusive, a mortalidade causada por câncer. O aumento da atividade física também reduziu a carga de sintomas do tratamento e da doença, com efeitos benéficos sobre a qualidade de vida, o desempenho fisico e social.

    O câncer de pulmão é a principal causa de morte por câncer, sendo responsável no mundo por mais de 1,4 milhões de mortes por ano. Nas últimas duas décadas o tratamento melhorou significativamente, mas a taxa de sobrevida global em 5 anos ainda é bastante baixa, cerca de 17%.

    Os pacientes com câncer de pulmão experimentam muitos sintomas debilitantes, incluindo dificuldade em respirar, tosse, fadiga, ansiedade, depressão, insônia e dor. Um terço dos sobreviventes a longo prazo, aqueles vivos a mais de 5 anos após o diagnóstico, experimentam uma redução da qualidade de vida e relatam menos resistência física e saúde em comparação com pacientes saudáveis.

    Numa doença com alta incidência e alto custo do tratamento como o câncer de pulmão, medidas simples como a prática de exercícios físicos regulares, seriam relativamente fáceis e baratas para implementação. Os médicos, porém, ainda as utilizam pouco, em parte devido à falta de consenso baseado em evidências científicas sobre como e quando implementar ou aumentar a atividade física a ser praticada pelo paciente.

    Pesquisadores da Universidade de Medicina da Carolina do Sul, nos EUA, analisaram a segurança, os benefícios e a aplicação do aumento da atividade física e dos exercícios como parte do tratamento do câncer de pulmão. Descobriram que a maioria dos pacientes (independente do estágio da doença) gostariam de ser aconselhados por um médico sobre a prática de atividade física antes de iniciar o tratamento.Descobriram também que quando ocorre a orientação, aumenta a dedicação e a prática regular dos exercícios.

    Para pacientes com câncer de pulmão, o estudo mostrou que os exercícios praticados antes da cirurgia são seguros e melhoraram a operabilidade, diminuíram o risco operatório e as complicações pós-operatórias, além de terem aumentado a capacidade física de recuperação dos pacientes. Esses benefícios foram maiores quando os exercícios iniciaram antes da cirurgia do que com os iniciados apenas após a intervenção cirúrgica.

    É fato que os pacientes com câncer de pulmão e os pacientes já tratados e sem evidência do tumor em atividade tem diferentes limitações à prática de exercícios físicos. Além disto, muitos apresentam ainda outras doenças associadas, o que traz mais desafios quanto a melhor forma de estudar e implementar programas de atividade física nesses indivíduos.

    Porém, o estudo publicado foi bastante importante, por mostrar que a atividade física é segura, benéfica e que os pacientes desejam ser orientados por seu médico sobre a melhor forma de praticá-la.

    Cabe ao médico, portanto, considerar a orientação de atividade física precocemente e orientar seu paciente, além de continuar atuando contra a inatividade em todas as fases do tratamento.

    Dra. Alba Oliveira
    Médica oncologista do Centro de Combate ao Câncer

    Referências:
    • Increasing PhysicalActivity and Exercise in Lung Cancer: Reviewing Safety, Benefits andApllication. Journal of Thoracic Oncology: June 6, 2015: 861.

Agende sua Consulta

(11) 3059 6000 - seg à sex das 8h às 19h
Além de seus documentos pessoais, é muito importante que voce traga em sua primeira consulta seus exames mais recentes (anátomo patológico e exames de imagem) e o encaminhamento do seu médico.

 
 

Acreditações

Qualidade e excelência no atendimento reconhecidos no Brasil e no exterior.

Joint Commission International - desde 2014
Accreditation Canada - de 2010 a 2013
ONA - desde 2009