A atenção à própria saúde física e emocional também é importante para o tratamento do paciente. Confira algumas dicas para aqueles que vão cuidar do doente.

Sabemos o quanto é importante para o paciente o cuidado dispensado por alguém da família. O carinho, o afeto e o amor surtem efeitos inesperados. Mas sabemos também que você está passando por momentos difíceis, por um desgaste físico e emocional grande e que, muitas vezes, nem tem tempo para se cuidar.

Ao tornar-se um cuidador, muitas vezes, deixa-se de lado a própria saúde, vida social, bem-estar físico e emocional. Isso geralmente ocorre por vários motivos: falta de tempo para si mesmo, cansaço e falta de ânimo, entre outros. Qualquer que seja o motivo, ignorar as suas próprias necessidades pode levá-lo a desenvolver problemas de saúde físicos e emocionais. Por isso, não se descuide.

Mantenha-se informado sempre. A informação é uma ferramenta importante neste momento. Sempre que possível, leia e aprenda algo sobre a doença e como é tratada. Inteire-se das novidades relacionadas ao câncer, novos tratamentos e terapias de suporte. Dê preferência para as que focam na qualidade de vida do paciente com câncer.

Nos últimos anos, a Oncologia tornou-se uma disciplina complexa que conta com o auxílio de outras especialidades como Cirurgia, Pediatria, Patologia, Radiologia, Psiquiatria e muitas outras. Portanto, é de suma importância o tratamento multidisciplinar, envolvendo médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas e muitos outros profissionais.

Cuide de sua saúde

É muito comum os cuidadores descuidarem da sua própria saúde enquanto providenciam o melhor cuidado possível para a pessoa doente. Maus hábitos alimentares, insônia, estresse e depressão são problemas frequentemente encontrados entre os cuidadores. É importante saber que negligenciar sua saúde não é nada bom. Por isso, algumas mudanças podem ser fundamentais para ajudar a manter o equilíbrio físico e emocional:

• Manter bons hábitos alimentares, fazendo pelo menos três refeições balanceadas por dia.
• Dormir de 6 a 8 horas contínuas por noite.
• Praticar exercícios físicos pelo menos três vezes por semana.
• Descansar quando for possível.

Cuide de seus sentimentos

Ver alguém que amamos doente é muito difícil. Saiba que você pode enfrentar momentos de altos e baixos, desânimo, incertezas e dúvidas. Por conta disso, sugerimos que você também tenha um espaço para falar sobre o que sente. Que tal procurar um amigo ou uma pessoa de confiança que seja capaz de ouvi-lo? Se isso não for suficiente, procure a ajuda de um profissional, como um psicólogo. Ele lhe proporcionará um espaço neutro de escuta e acolhimento.

Reserve um tempo só para você

Mesmo que seja somente por algumas horas, marque um café com um amigo, vá cortar o cabelo, fazer as unhas, massagem ou vá ao cinema. Saiba que tirar esse tempo para você é importante, pois lhe dará mais ânimo e capacidade de continuar cuidando da pessoa que você ama.

Agende sua Consulta

(11) 3059 6000 - seg à sex das 8h às 19h
Além de seus documentos pessoais, é muito importante que voce traga em sua primeira consulta seus exames mais recentes (anátomo patológico e exames de imagem) e o encaminhamento do seu médico.

 
 

Acreditações

Qualidade e excelência no atendimento reconhecidos no Brasil e no exterior.

Joint Commission International - desde 2014
Accreditation Canada - de 2010 a 2013
ONA - desde 2009