São direitos do paciente durante o período que permanecer em nossa instituição:

  • Ser tratado com dignidade, respeito, dedicação e humanidade por todos os colaboradores do CCC, sem qualquer forma de preconceito ou discriminação, sendo respeitada sua individualidade.
  • Ser identificado e tratado por seu nome e sobrenome, e não por códigos, números, nome de sua doença ou de forma genérica, desrespeitosa ou preconceituosa.
  • Poder identificar as pessoas responsáveis – direta ou indiretamente – por seu cuidado por meio de seus uniformes e crachás legíveis, posicionados em local de fácil identificação, onde deverão constar nome, função e foto.
  • Ter sua privacidade, individualidade e integridade física asseguradas em qualquer momento do atendimento.
  • Ter assegurado o direito à confidencialidade de suas informações por meio da garantia do sigilo ético profissional dos colaboradores do CCC, desde que observada a legislação vigente, salvo se acarretar em riscos para a comunidade em geral ou a terceiros.
  • Estar acompanhado em consultas por pessoa de sua indicação, se assim o desejar.
  • Indicar um familiar ou responsável para decidir em seu nome a cerca do tratamento, caso esteja impossibilitado de fazê-lo.
  • Receber informações claras, objetivas e compreensíveis sobre:
  • A doença ou hipótese diagnóstica, procedimentos, exames diagnósticos, medicações, tratamentos e duração prevista dos mesmos, bem como dos riscos de não realizar o tratamento proposto;
  • Riscos, benefícios, efeitos colateraise alternativas dos procedimentos a serem realizados consigo;
  • Consentir ou recusar, de forma livre, voluntária e esclarecida a qualquer dos procedimentos propostos.
  • Buscar uma segunda opinião acerca de seu diagnóstico ou tratamento apresentado quando assim entender pertinente.
  • Ter o prontuário elaborado de forma legível, contendo sua identificação pessoal, anamnese, exame físico, exames complementares com os resultados, hipóteses diagnósticas, diagnósticos definitivos, procedimentos e tratamentos realizados, evolução e prescrição médicas, bem como a identificação de cada profissional, de forma organizada, de acordo com os documentos padronizados pelo CCC.
  • Solicitar e ter acesso ao prontuário quando requerido de acordo com a legislação vigente.
  • Ter acesso à tabela do CCC, bem como às contas relativas ao seu tratamento médico, onde deverão constar medicações utilizadas, taxas e demais procedimentos a que tenha sido submetido.
  • Ter respeitadas suas crenças espirituais e religiosas, receber ou recusar assistência moral, psicológica, social ou religiosa, direitos esses extensivos aos seus familiares.
  • Ser prévia e expressamente informado, bem como consentir ou recusar de forma livre, voluntária e esclarecida, quando o tratamento proposto for, total ou parcialmente, experimental ou fizer parte de protocolos de pesquisa clínica.
  • Ser devidamente orientado, se necessário, sobre como conduzir seu tratamento após sair do CCC, recebendo instruções objetivas precisas e esclarecimentos médicos claros, escritos de forma legível e informados de forma objetiva, além de prevenção de complicações.
  • Revogar a qualquer tempo ou recusar livremente, uma vez devidamente esclarecido os riscos inerentes, os procedimentos médicos sejam eles diagnósticos, terapêuticos ou mesmo avaliações clínicas, desde que não haja risco de morte.
  • Optar por não realizar procedimentos extraordinários que visem prolongar a sua vida, assim como optar pelo local de sua morte.
  • Ser informado sobre todos os direitos acima, sobre as normas e regulamentos do CCC e sobre os canais de comunicação institucionais para a obtenção de informações, esclarecimento de dúvidas e apresentação de reclamações.

Agende sua Consulta

(11) 3059 6000 - seg à sex das 8h às 19h
Além de seus documentos pessoais, é muito importante que voce traga em sua primeira consulta seus exames mais recentes (anátomo patológico e exames de imagem) e o encaminhamento do seu médico.

 
 

Acreditações

Qualidade e excelência no atendimento reconhecidos no Brasil e no exterior.

Joint Commission International - desde 2014
Accreditation Canada - de 2010 a 2013
ONA - desde 2009